e62 3229-2610 3224-9932
d

Notícias

Novo decreto de Goiânia deve liberar o comércio de varejo, shoppings e centros comerciais

Publicado em : 19/06/2020

Fonte : G1 GO -

Estes estabelecimentos deverão voltar a funcionar a partir de segunda-feira. Já a região da 44, a partir do dia 30. Documento não deve contemplar a reabertura de academias e bares.

Reabertura das atividades começa na próxima segunda-feira em Goiânia

Após uma reunião do Comitê de Crise da Prefeitura de Goiânia, nesta quinta-feira (18), os gestores anunciaram a publicação de um novo decreto que deve liberar a reabertura dos comércios varejistas e atacadistas, shoppings centers, centros comerciais e profissionais liberais na próxima segunda-feira (22). As lojas da Região da 44 poderão voltar a funcionar no dia 30 de junho. O novo decreto não deve contemplar a reabertura de bares, restaurantes e academias.

O texto deve flexibilizar 87 classes econômicas da capital. Essas atividades estão fechadas há, praticamente, três meses, para evitar a disseminação do coronavírus. Até esta quinta-feira, conforme o balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, a capital possui mais de 4 mil casos de Covid-19, sendo que 99 pessoas morreram.

Apesar da autorização de funcionamento para os shoppings, o novo decreto não deve liberar a reabertura dos cinemas. As praças de alimentação só poderão funcionar no sistema "pague e leve", segundo anúncio do titular da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Informação (Sedetec), Walisson Moreira.

Segundo o secretário, o destaque deste novo decreto é a liberação de atendimento presencial para os comerciantes.

Os cultos, missas e cerimônias religiosas ganharão mais um dia na semana para atender aos fiéis. O secretário explica que o último decreto autorizou a realização uma vez por semana e, agora, serão duas vezes.

Uso obrigatório de máscaras e regras de segurança

O uso obrigatório de máscara de proteção de facial será uma novidade no texto, que também estabelece multa de R$ 627 para quem descumprir a regra. Todos os locais com liberação para funcionar terão de disponibilizar álcool gel 70% e pontos para a lavagem das mãos.

A flexibilização do atendimento presencial no comércio trará mais de 40 protocolos para manter o controle da circulação do coronavírus na cidade e protocolos para as igrejas e templos religiosos, conforme anúncio do secretário.

A Guarda Civil Metropolitana ficará responsável pela fiscalização do uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) pela população de Goiânia.

Walisson Moreira diz que as atividades econômicas escolhidas para funcionar com atendimento presencial passaram por avaliação epidemiológica e foi constatado que o risco de contaminação após a reabertura foi considerado controlável. O secretário não descarta que outras classes da economia sejam reaberturas futuramente, depois de um controle nos casos confirmados de Covid-19.

Lojas da Região da 44

As lojas e shoppings da Região da 44 deverão obter autorização municipal para funcionar a partir do dia 30 de junho. A delonga na reabertura acontecerá por causa dos protocolos aos quais os comerciantes serão submetidos.

A Associação Empresarial da Região da 44 (AER44) informou que começou a realizar, nesta quinta-feira, um processo de lavagem e sanitização das ruas e avenidas que compõe o polo de moda, situado em Goiânia e considerado o segundo maior do Brasil. O intuito é realizar todas as medidas sanitárias necessárias para que as lojas e galerias possam reabrir após mais de três meses fechadas.

 

Notícias

Prefeitura de Aparecida de Goiânia aumenta dias em que comércio deve fechar durante escalonamento

01/07/2020 G1 GO

PORTARIA Nº 221/2020

01/07/2020 PREFEITURA DE GOIÂNIA
Estabelece novo prazo de validade para os Alvarás de Autorização Sanitária expedidos no ano de 2019 e extensão do prazo de pagamento para os Alvarás do ano de exercício 2020.

Prefeitura de Goiânia decreta fechamento alternado do comércio não essencial

01/07/2020 PREFEITURA DE GOIÂNIA

ATENÇÃO! VEJA OS PRAZOS PARA RENOVAÇÃO DO ALVARÁ SANITÁRIO.

30/06/2020 Sincofarma-Go

EMPRESAS QUE POSSUEM ATENDIMENTO PRESENCIAL DEVEM AFERIR TEMPERATURA DOS CLIENTES.

29/06/2020 Assessoria Jurídica – SINCOFARMA/GO

Ministro indefere pedido de liminar para suspender reajuste de medicamentos

26/06/2020 Revista da Farmácia

Desembargador decide pela reabertura do comércio em Goiânia

23/06/2020 G1 GO

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DAS FARMÁCIAS E DROGARIAS VOLTOU AO NORMAL NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA.

23/06/2020 PREFEITURA DE GOIÂNIA

Liminar anula decreto do Paço que autoriza abertura do comércio em Goiânia nesta segunda-feira

22/06/2020
O pedido foi feito pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO)    

Gustavo Mendanha sanciona lei que torna uso de máscara obrigatório em Aparecida

19/06/2020 Diário de Goiás

Dexametasona reduz risco de morte em pacientes entubados, mas pode piorar quadro em casos inicias, alerta especialista

17/06/2020 Jornal Opção

STF declara que trabalho no comércio aos domingos não viola Constituição

17/06/2020 Revista Consultor Jurídico

Senado aprova PL de conversão da MP 936, que suspende contratos de trabalho

17/06/2020 Revista Consultor Jurídico

Como mitigar riscos trabalhistas após a retomada das atividades laborais

16/06/2020 Revista Consultor Jurídico

Atividade de motoboy tem presunção de falta de vínculo de emprego

16/06/2020 Revista Consultor Jurídico